Averbamento (s. m.): Acto ou efeito de averbar; Nota lançada à margem de um título ou registo; Registo.

19
Mai 11

No mundo do futebol continuam as agressões, físicas e psicológicas, a jornalistas. O Sindicato dos Jornalistas emitiu hoje, dia 19 de Maio, uma nota dando conta da solidariedade para com a jornalista da TSF que esteve em Braga.

publicado por Helder Robalo às 16:53
Averbamentos: ,

04
Abr 11

Este fim-de-semana voltou a assistir-se a uma verdadeira vergonha em torno de uma partida de futebol. Um autocarro de uma equipa de futebol escoltado como se lá dentro fossem os mais perigosos criminosos, pedras a voar como se de repente a Praça Tahir se tivesse mudado para as imediações do Estádo da Luz, a polícia a atirar balas de borracha como se estivesse a combater forças inimigas.

No meio de tudo isto foi detida uma dúzia de pessoas que, provavelmente, no próximo dia 20 de Abril vão voltar a fazer exactamente o mesmo. Tudo porque, em Portugal, ao contrário do que sucede em Inglaterra, os arruaceiros dos estádios de futebol continuam a levar a sua vida sem sobressaltos de maior. E enquanto assim for vamos continuar a assistir a cenários de guerra sempre que dois clubes grandes se defrontam.

É triste!

publicado por Helder Robalo às 22:21
Averbamentos: ,

30
Nov 10

As notícias sobre um caso de intimidação a um jornalista ao serviço da TVI, dia 28, no interior das instalações do Estádio Municipal de Aveiro, preocupam o Sindicato dos Jornalistas (SJ), que em comunicado hoje divulgado manifesta o seu repúdio pelo sucedido.

O comunicado, na íntegra, no sítio do Sindicato dos Jornalistas.

publicado por Helder Robalo às 18:13
Averbamentos: ,

09
Out 10

Ontem, no Dragão, tudo correu bem a Gilberto Madaíl. Portugal ganhou 3-1 à Dinamarca e recuperou espaço na corrida ao Europeu. Nani marcou dois golos. Até Cristiano Ronaldo voltou a marcar sem ressaltos sortudos. E a Selecção jogou bem.

 

Com isto ganhou força a "justeza" desportiva da decisão. Falta a dos outros planos. E isso, meus caros, será bem mais complicado resolver.

publicado por Helder Robalo às 13:15
Averbamentos:

24
Set 10

Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) aceitou o pedido de efeito suspensivo do castigo de seis meses de suspensão aplicado pela Autoridade Antidopagem de Portugal ao ex-seleccionador nacional Carlos Queiroz.

Ora, o que aqui está dito é que o castigo foi suspenso. Não foi considerado demasiado pesado, demasiado leve ou até mesmo injusto, errado ou o que lhe quiserem chamar.

Aconteça o que acontecer da análise do TAS ao castigo aplicado, a decisão hoje conhecida apenas tem um efeito suspensivo. Nada mais.

 

Ou não estarei a perceber isto bem?

publicado por Helder Robalo às 13:40
Averbamentos:

07
Set 10

Da terra do bacalhau Portugal trouxe um saco cheio de... nada. Em dois jogos a Selecção Nacional fez apenas um ponto e compromete, logo à partida, o apuramento para o Euro 2012.

 

Com Queiroz na bancada, Gilberto Madaíl não sei bem onde e Agostinho Oliveira no banco sem saber bem o que fazer, percebo agora o que o seleccionador interino queria dizer com o piloto automático. Faz-me lembrar aquela história do norte-americano que processou a fabricante do seu automóvel porque, numa curva, o piloto automático lhe levou o carro em frente enquanto ele dormia uma sesta.

 

Esta selecção parece o carro e o condutor, Gilberto Madaíl, parece ter adormecido há muito.

publicado por Helder Robalo às 21:53
Averbamentos:

08
Mai 10

Contam-se os minutos no relógio para aquele que quase parece ser o dia mais importante do ano até ao momento. Já estou a imaginar as primeiras capas dos jornais amanhã e as televisões. Benfica e Braga, os jogos do título. Um país inteiro em suspenso, durante 90 minutos, por causa de um jogo (bem, dois jogos) de futebol.

De-se graças a Deus por esta conjugação de factores que nos irá permitir esquecer a crise financeira, as dificuldades do dia-a-dia, o diminuir dos subsídios de desemprego e todos os outros problemas, menor com toda a certeza, que inquietam Portugal.

 

Houvesse mais jogos do título todas as semanas e o Portugal seria um local muito mais agradável para se viver.

publicado por Helder Robalo às 23:48
Averbamentos:

25
Mar 10

Leio e não acredito no que leio.

De acordo com o Diário de Notícias de hoje, na análise aos castigos aplicados pela Comissão Disciplinar da Liga de Clubes a Hulk e Sapunaru,o Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) concluiu que estes tinham sido errados na medida em que, de acordo com a interpretação do CJ da FPF, os stewards não são intervenientes na partida de futebol. «O acórdão considera que os ARD [Assistentes de Recinto Desportivo, vulgo stewards] não estão apontados pelos regulamentos como intervenientes do jogo, pelo que "só resta a possibilidade" de os colocar ao mesmo nível ao público», lê-se na notícia do DN.

Ora esta "possibilidade" só pode ser algo, como diz o povo, de "cagar a rir". É que se isto for para ser levado a sério, da próxima vez que for a um estádio de futebol ver um jogo quero, no final do mesmo, ter acesso ao túnel do estádio ou entrar no relvado tranquilamente sem ser perseguido por esses "espectadores" de colete amarelo que costumam estar o tempo todo de costas para o relvado.

 

É por decisões destas, da Liga e da Federação, que o futebol português não consegue ser credível a nível internacional.

 

P.S. - Naturalmente, o que está aqui em causa, no meu entender, não é a duração das suspensões, mas a ambiguidade de um regulamento que permite a duas instituições similares decisões tão díspares como estas. Ao pé destes regulamentos, o Código Penal parece uma brincadeira de crianças.

publicado por Helder Robalo às 11:06

19
Mar 10

A situação que ontem se viveu nas imediações de Alvalade afinal não seria de todo uma surpresa. Segundo o Correio da Manhã - versão que já tinha ouvido ontem à noite no noticiário da RTP2 - "após o jogo da 1.ª mão, as autoridades descobriram que as duas claques combinaram uma batalha campal num local de Lisboa".

Ora, perante isto, e tendo até em conta não só os problemas causados pela Frente Atlético com a claque do Marselha, mas também o ocorrido no Porto antes do jogo para a Champions há um ano, precisamente, não seria de garantir um efectivo policial adequado nas imediações do estádio com uma grande antecedência?

Fala-se agora em castigos severos para os dois clubes. Nada mais errado no meu entender. Punir os clubes - com jogos à porta fechada ou multas pesadas - em pouco ou nada prejudica as claques mais violentas. Quanto muito esses simpatizantes ficam sem ver dois ou três jogos de futebol.

Não seria preferível fazer-se antes como sucedia, sobretudo na década de 1980, em Inglaterra? Com adeptos proibidos de viajar para as cidades dos jogos, impedidos de se aproximarem das imediações dos estádios onde a sua equipa jogasse ou banidos, para sempre, dos estádios de futebol?

Ou vamos continuar a brincar aos polícias e ladrões e só tomar medidas, a sério, quando voltarem a morrer pessoas nas imediações dos estádios de futebol?

publicado por Helder Robalo às 10:46
Averbamentos: ,

Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


comentários recentes
Não descontassem no salário e a adesão era bem mai...
Claro que aprovaria. Isto de decidir conforme os v...
o teu blog é muito bom vem visitar o meu
Fernando,Convido-o a visitar este meu outro espaço...
Obrigado :)
Parabéns pelo destaque :)
A cultura deve ser preservada a todo o custo. Por ...
Caro Pedro, obrigado pelo aviso e pelo destaque.Ab...
Mas se ao invés de o bloqueio ser não abastecer ne...
Bom dia,O Bloco de Averbamentos está em destaque n...
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO